Divulgados novos nomes das vítimas do acidente que vitimou 13 pessoas no Sertão

segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

Uma criança e um adolescente estão entre as vítimas

A tragédia aconteceu neste domingo (4), por volta das 21h quando a Van retornava para Patos trazendo várias pessoas que vinham de João pessoa e Campina Grande. Todos os ocupantes da Van morreram. Dentre eles, uma criança e um adolescente, ao todo foram 13 mortos no acidente.

A situação causou perplexidade a todos que presenciaram o resgate das vítimas, por conta da violência da tragédia. Moradores da localidade disseram que escutaram um tiro como se um Pneu de um dos veículos tivesse estourado e correram para ver o que tinha acontecido. Ao chegarem ao local, tentaram ajudar no socorro, mas nada puderam fazer a não ser acompanhar as vítimas que agonizavam.

A tragédia mobilizou várias viaturas do SAMU, Bombeiros, Polícia Civil, Militar e Rodoviária Federal. Conforme informações, o motorista do Caminhão que carregava lenha havia se evadido do local, porém essa informação ainda é considerada extraoficial.

Há uma grande movimentação na manhã desta segunda-feira na Unidade de Medicina Legal de Patos, muitos curiosos e familiares das vítimas a procura de informações sobre a liberação dos corpos.





Algumas vítimas já foram identificadas

- José Torres – motorista da Van;
- Socorro Lucena – esposa de Touro do Hospital Regional;
- Janete de Sousa Emiliano – proprietária da Loja Vernier em Patos;
- José de Arimateia Simões de Melo, 57 anos;
- Vinicius Serrano Gurgel – neto de Edivaldo Gurgel Patos Prev;
- Delma Brilhante – Unopar Patos;
- Terba – assistente social do Hospital Regional de Patos;
- Francisca Procópio da Silva, 35 anos, que morava em São Paulo e vinha passar o final de ano com seus familiares na cidade de Cacimba de Areia. Com Francisca Procópio viajavam dois filhos que também morreram no acidente;
- Luan Procópio;
- Cauê Procópio;
- Maria das Neves Oliveira.

Apenas seis corpos foram levados para o UML de patos e sete foram levados para Campina Grande.

Fonte: Mais Patos

2 comentários:

terrivel de mais lamentavel muito mesmo

Anônimo disse...

que triste...

Postar um comentário